Pesquisa avalia potencial de planta como alternativa para recomposição do (bioma brasileiro) Cerrado

http://transnet.ning.com/profiles/blogs/projeto-fava-danta

por Danielle Jordan * – AMBIENTEBRASIL (*1) Uma pesquisa, realizada pelo engenheiro agrônomo Manoel Ferreira de Souza, sugere o plantio de Dimorphandra mollis Benth, conhecida popularmente por fava-d’anta, para a regeneração de áreas degradadas de Cerrado. O estudo deu origem … Continuar lendo

Linhaça – um nobre grão

Originária da Ásia, a semente de linhaça (Linum usitatissimum) pertence à família das lineáceas. Obtida a partir do linho, é uma das mais antigas plantas cultivadas. Os relatos mais antigos datam de 5000 anos AC, sendo consumida em várias formas como ingredientes em receitas e por suas propriedades medicinais.

Por que consumir?

Contribui na perda de peso
Melhora a memória e o raciocínio
Ajuda no controle glicêmico
Potente anti-inflamatório natural
Diminui quadros alérgicos e asmáticos
Aumenta a resistência ao estresse
Combate a depressão
Auxilia no tratamento de dermatites, psoríase, quelóide
Ajuda no controle da hipertensão
Atenua sintomas de TPM e menopausa
Reduz mau colesterol
Revitaliza a pele e o cabelo

Continue lendo, clique aqui.

Gengibre extraído via CO2

por Fábián László

O melhor óleo de gengibre do mundo!!!!

No gengibre o componente gingerol é um dos principais responsáveis pela sensação de ardor que o rizoma da planta possui. Esta substância é um poderoso antioxidante já estudado e que tem a capacidade de ativar o metabolismo tanto pelo uso externo quanto interno, causando com isso queima de gordura e emagrecimento. Estudos também tem demonstrado ser um dos componentes mais importantes no gengibre com atividade anti-inflamatória e analgésica, tendo também propriedades antigiogênicas e anticancerígenas para um largo espectro de cânceres.

No óleo de gengibre destilado, o gingerol não está presente, pois é um composto diterpênico que não evapora. Na destilação se acaba tendo assim a perda de um dos componentes mais potentes do gengibre para ação terapêutica.

Clique aqui para ler o artigo completo.