Alimentação Viva: grãos germinados

Internet

Abaixo, um artigo escrito pelo agrônomo português Luís Alves sobre como germinar grãos, aproveitando todo potencial que as sementes podem proporcionar e em seguida, algumas sugestões com receitas.

Chamam-se “germinados” aos rebentos ou brotos (plântulas, micro-vegetais) obtidos através da germinação de sementes, pertencentes a várias famílias de plantas. Normalmente, essa germinação é feita em casa e os rebentos obtidos são utilizados diariamente na alimentação. A germinação é um processo extraordinário que liberta as energias latentes na semente dando origem a uma planta. Através deste processo, o amido é transformado em açúcares mais simples pelas enzimas e as proteínas são decompostas em aminoácidos.

Há absorção de grandes quantidades de água, sintetizam-se vitaminas e enzimas e há uma mobilização de minerais. Tal como a cozedura das sementes, a germinação é uma espécie de pré-digestão. Mas, ao contrário do que acontece com a cozedura, através da germinação não há perda de nutrientes, antes pelo contrário.

As sementes germinadas são um super – alimento para a nossa saúde. O seu incomparável valor biológico recomenda a sua utilização por todas as famílias. Graças ao seu grande valor energético e tónico, as sementes germinadas devem ser consumidas de preferência ao almoço, ao natural, em saladas, na sopa, acompanhando legumes, em sanduíches, etc.

Quais as sementes que podemos utilizar?

Se possível, sementes provenientes de agricultura biológica, já que as convencionais normalmente são tratadas com fungicidas.

Os cereais integrais: trigo, centeio, aveia, cevada…

As leguminosas: soja, lentilha, grão-de-bico, tremoço, luzerna (alfafa), ervilha…

As crucíferas: agrião, mostarda, rabanetes, couves… Outras: girassol, alho, cebola…

Preparação: O método de germinar é:

Fácil: pode ser feito em qualquer cozinha;

Económico: basta água e calor ambiente para se obterem os resultados pretendidos;

Rápido: alguns minutos por dia para cuidar das sementes são suficientes.

O grão germinado é o momento inicial, quando apenas uma pequena haste aparece. Brotos e grãos germinados são as fases mais ricas em nutrientes no desenvolvimento vegetal! São facilmente digeridos e assimilados.

Broto (plântula, micro-vegetal) é o estádio avançado de germinação inicial da semente. Normalmente os brotos têm entre 8 e 10cm de altura e apresentam folhas definidas.

Como se faz a germinação? Para obter rebentos nas melhores condições e mantendo toda a sua grande riqueza nutricional aconselha-se a utilização de um dispositivo especial de germinação, disponível aqui:

Manutenção do Germinador: Lavar os recipientes em água sem detergente, escovando o fundo inferior de cada um dos elementos. Verificar se os furos de escoamento não estão entupidos. Secar bem antes de guardar, no caso de deixar temporariamente de utilizar.

Veja o vídeo de como preparar:

*  *  *

GERMINANDO GRÃOS – preparo em geral
– Coloque de uma a três colheres (sopa) de grãos num vidro e cubra com água filtrada.
– Deixe de molho por 8 a 12 horas – varia para cada semente. Ver abaixo.
– Cubra a boca do vidro com um pedaço de filó e prenda com um elástico.
– Despeje a água em que os grãos ficaram de molho e enxague bem os grãos sob a torneira.
– Coloque o vidro inclinado (45 graus) e emborcado num escorredor, num lugar sombreado e fresco.
– Enxague pela manhã e à noite. Em dias quentes é preciso lavar 3 ou mais vezes..
– O tempo de germinação varia de acordo com o grão, temperatura etc. Em geral, estão com sua potência máxima logo que sinalizam, assim que põem a “cabecinha branca” para fora. Então estão prontos para serem consumidos.
. Trigo, grão-de-bico, amendoim, lentilha e girassol: coloque as sementes de molho em água filtrada por 6-9 horas. Em 3 dias estarão germinadas e prontas para consumo.
. Alfafa: coloque as sementes em um vidro por 4 horas de molho em água. Em 5 a 8 dias estarão germinadas e prontas para consumo.
. Gergelim e linhaça: coloque as sementes em um vidro por 4 horas (ou durante a noite) de molho em água (1 parte de semente para 4 partes de água). Estará pronta para fazer leite, pasta ou usar em receitas de sucos desintoxicantes.
. Castanha do Pará e Noz: coloque as sementes em um vidro por 24 horas de molho em água e estarão prontas para consumo.
. Amêndoa e Avelã: coloque as sementes em um vidro por 12 horas de molho em água e estarão prontas para consumo.

Internet

 

 

 

RECEITAS

 

LEITES E IOGURTES DE GERMINADOS
. Leite de trigo: pode ser preparado a partir de um trigo germinado de 3 dias (conforme acima) batido no liquidificador com água na proporção de 1 parte de germinado para 1 de água. Coe e está pronto para o consumo puro ou no preparo de vitaminas.
. Pão de trigo: Adicione banana amassada à massa resultante do preparo do leite de trigo e misture. Coloque colheradas sobre um pirex e leve para desidratar ao sol (cobrindo com um filó) por cerca de 1 a 3 dias.
Na versão salgada adicione missô e ervas ou gengibre ralado.
. Leite de amêndoas: prepare o germinado de amêndoa conforme indicado acima. Bata no liquidificador colocando água aos poucos até que fique um leite cremoso.
. de gergelim: ½ xícara (chá) de semente de gergelim germinada conforme indicado acima + 1 xícara (chá) de água mineral. Bata tudo no liquidificador e coe.
. Vitamina de maçã e gergelim: 1 xícara (chá) de leite de gergelim + 1 maçã descascada e picada + canela em pó a gosto + folhas secas de estévia (opcional).
. Mingau de Aveia: 1 colher (sopa) de aveia de molha na véspera + 1 maçã ralada + 1 colher (sopa) de suco fresco de limão + 1 colher (sopa) de uva passa + 1 colher (chá) de casca ralada de limão + 1 castanha do Pará germinada e ralada.  Misture tudo e sirva como desjejum ou lanche. Misture tudo e sirva imediatamente. A maçã pode ser substituída pela fruta da estação de sua preferência.
. Iogurte de nozes: coloque 1 xícara de nozes (ou da semente desejada) de molho em água para germinar conforme indicações do item 1. Passe no liquidificador colocando água aos poucos até que fique um creme grosso. Passe na peneira para coar a parte líquida e ponha a massa numa tigela coberta com um pano fino para que o ar possa penetrar. Coloque a tigela num lugar morno e deixe descansar por 6 a 12 horas ou até ficar como um gosto ácido. Este iogurte pode ser feito com gergelim, girassol, com qualquer tipo de nozes ou combinações. Pode-se variar o gosto acrescentando mel, suco de limão, sal marinho, essência natural de baunilha ou outros sabores naturais. Quanto mais tempo o iogurte demorar num lugar morno, mais ácido irá ficar.

Sugestões de combinações para deliciosos iogurtes: Castanha e gergelim / Castanha, amêndoa e gergelim / Castanha e girassol / Gergelim e amêndoa / Girassol e amêndoa / Pecã e amêndoa / Gergelim e avelã..
 

SUCOS
. Suco de maçã: bata no liquidificador 1 maçã picada (sem sementes) + 1 colher (sopa) de linhaça germinada + suco de 1 limão + ½ xícara (chá) de água filtrada ou de coco. Sirva imediatamente.
. Suco de abacaxi: bata no liquidificador 3 rodelas de abacaxi picadas (com casca) + 2 colheres (sopa) de girassol germinado + 5 ramos de hortelã. Sirva imediatamente.
. Suco de Luz do Sol – Ana Branco: liquidifique um pepino pequeno e uma maçã grande sem sementes. Não coloque água, bata com a ajuda de um socador ou colher de pau (cuidadosamente) , para extrair o líquido das hortaliças. Então coe num coador de pano e coloque o líquido de volta no liquidificador. Acrescente o legume e a raiz, que podem ser cenoura, abóbora, maxixe, batata doce, inhame, quiabo, couve-flor, abobrinha, nabo, beterraba, etc. Procure variar as hortaliças e privilegie as da época e produção orgânica. Bata e coe novamente. Acrescente as folhas verdes, que podem ser couve, folha de abóbora, folha de beterraba, folha de cenoura, espinafre, bertalha, chicória etc; quanto mais verde, melhor. Acrescente finalmente os grãos germinados (trigo, girassol, painço, soja, linhaça, gergelim, arroz, amendoim, ervilha etc). Bata tudo, coe no coador de pano e beba imediatamente.
 
SALADAS e PRATOS SALGADOS
. Salada verde com brotos de girassol + nabo e cenoura ralados. Molho de alho picado, coentro, shoyu, limão e azeite.
. Salada verde com brotos de trigo e batata yakon. Molho de pimentão, tomate, limão, shoyu e azeite.
. Tabule de trigo germinado: germine o trigo conforme item 1. Misture tomate e pepino picadinhos em cubos, manjericão fresco, azeite extra virgem, limão e missô a gosto. Opcional: maçã picada, pimentão, cenoura ou beterraba ralada.
. Cenoura com pasta de grão-de-bico: 1 xícara (chá) de grão-de-bico germinado, batido no processador com 1 pitada de sal + 1 colher (sopa) de suco de limão. Acrescente ¼ de cebola picada depois da massa pronta. Rale (em fios longos) 2 cenouras. Junte numa travessa os fios de cenoura com a pasta e sirva acompanhado de salada verde.
. Lasanha de berinjela: prepare uma pasta com 1 xícara (chá) de amendoim + sal + suco de limão + folhas frescas de hortelã pimenta. Descasque 1 berinjela pequena,  fatie em lâminas finas e marine (sal e limão) com as mãos. Monte alternando as camadas com as fatias de berinjela, a pasta de amendoim. Finalize com rodelas de tomate, salsa e cebolinha. Decore com castanha do Pará germinada e ralada e regue um pouco de azeite.
 
PRATOS DOCES
Pudim de banana: 6 bananas nanica (d’água ou caturra) + suco de 1 limão + 1 colher (sopa) de canela em pó + 2 colheres (sopa) de linhaça germinada + 1 pitada de missô. Bata tudo no liquidificador, acertando a textura do pudim com a linhaça. Coloque num refratário e leve à geladeira até a hora de servir.
. Geléia de uva passa: bata no liquidificador uva passa preta com linhaça germinada até dar o ponto de uma geléia firme. Opções: esta geléia pode ser preparada com qualquer fruta seca.
. Docinho de gergelim e nozes: 1 xícara (chá) de fibra de gergelim (que fica no preparo do leite de gergelim) + 1 xícara (chá) de pasta de nozes germinadas + 1 colher (sobremesa) de gengibre ralado + geléia de uva passa para dar a liga. Misture tudo e enrole as bolinhas passando-as em gergelim antes de colocar nas forminhas..

FONTE:

http://cantinhodasaromaticas.blogspot.com/2010/03/germinados-rebentos.html

4 pensamentos sobre “Alimentação Viva: grãos germinados

  1. Tenho visto varias tabelas de tempo de germinaçao das sementes, com uma enorme discrepancia principalmente nas sementes que nao apresentam o germe (nao visivel)., como as amendoas, castanhas, nozes. POderia dar maiores informaçoes?

    • Olá Jurema, temos ótimos resultados com germinação, mas infelizmente não conseguimos germinar nenhuma destas sementes que citou. Não sabemos se nas tentativas as sementes não estavam boas, ou se não era época de germinação mesmo ou se já haviam perdido a fertilidade.
      Existem sementes que precisam de tempo de dormência. Talvés seja este o caso. Assim que tivermos mais informações, escrevo a você.
      Um grande abraço,
      Suzy Belai

  2. Estou sempre tentando germinar sementes de mostarda e não consigo.Quando aparece as primeiras pontinhas brancas da germinação; elas estacionam até estragarem; até comprei em outros lugares para testar, mas oresultado é o mesmo. O que estou fazendo de errado? Um abraço! Célia Borges

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s